Filiado à: FENAPRF

SINPRF

Font Size

SCREEN

Profile

Layout

Menu Style

Cpanel

Nota de Repúdio

O Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado de Goiás (SinPRF-GO) REPUDIA a artimanha do Governo Federal que mais uma vez tenta jogar a sociedade brasileira contra os servidores públicos ao anunciar várias ações no sentido de retirar direitos e culpar esses profissionais por todos os desmandos, incompetência e roubalheira sem precedentes que levaram o país à situação em que se encontra.

 

 

Omite-se em esclarecer o porquê foram liberadas emendas bilionárias aos parlamentares em momento de contingenciamento em todas as esferas do setor público. Contingenciamento que atinge a prestação dos serviços essenciais, como saúde, educação e segurança, penalizando ainda mais a sofrida população brasileira.

 

Não esclarece também os motivos que fizeram evaporar dezenas de bilhões de reais do erário público devido às renúncias fiscais em favor de vários segmentos de uma casta que hoje detém o poder para arquivar denúncias contra o Presidente da República. Perguntamos: quantos mais bilhões de reais seriam necessários para jogar para debaixo dos tapetes do Palácio do Planalto se se tornarem públicas mais denúncias contra o Presidente da República ou de assessores mais diretos? Quais mais sacrifícios os servidores públicos teriam que suportar para cobrir tais custos?

 

Ao jogar a população contra os servidores públicos com falácias repetidas incessantemente através da mídia vendida fazem com que a população comece a acreditar que os servidores públicos são realmente culpados por tudo.

 

Os servidores públicos são imprescindíveis para que o Brasil siga por caminhos que o levará rumo à prosperidade. Num país onde sempre se valeram da impunidade e ranços políticos que continuam até hoje, são os servidores públicos, com apoio da população brasileira, que fazem com que o “SISTEMA”, tão bem retratado no filme “Tropa de Elite”, esteja sendo, ao menos abalado, ainda que saibamos, não entrou em completa ruína.

 

São servidores públicos que estão colocando corruptos na cadeia, sejam políticos ou não. São eles que estão repatriando bilhões e bilhões de dólares fruto da corrupção endêmica estabelecida nas relações público-privado.

 

Partindo por todos os segmentos do serviço público, presenciamos ações de servidores que colocam o país num patamar mais alto a cada dia; servidores da educação que colocam as universidades brasileiras como as melhores da América Latina, servidores que evitam a sonegação e aumenta a receita do país, servidores que trabalham para a erradicação do trabalho análogo à escravidão, servidores policiais que tombam todos os dias no front de batalha contra a criminalidade, da mesma forma, são servidores policiais cujas instituições em que trabalham estão sendo estranguladas pelo baixo efetivo e com um contingenciamento nunca visto antes para serviços imprescindíveis para a população. São esses servidores que estão garantindo o Brasil ficar de pé ainda. Mas querem que dobremos as pernas e fiquemos de joelhos perante a escória. NÃO ficaremos de joelhos perante essa casta corrupta. Apesar de às vezes incauta, a população não merece isso.

 

No que tange à Polícia Rodoviária Federal, os muitos anos de serviços prestados à população na instituição nos dá absoluta segurança em afirmar que, como já foi comprovado, a cada real investido nos servidores e na própria instituição, o governo economiza três reais, e NÃO ESTAMOS NOS REFERINDO A MULTAS DE TRÂNSITO, que comparado aos resultados alcançados são valores pequenos. Ressaltando que até esses valores advindos das multas estão sendo surrupiados pelo governo federal, já que não estão sendo aplicados em educação para o trânsito e reaparelhamento da instituição.

 

A economia que estamos falando está relacionada à grande diminuição de acidentes graves alcançadas nos últimos anos nas rodovias federais, evitando gastos com saúde médico hospitalar e aposentadorias por invalidez; pelo fato que é a instituição policial que mais apreende drogas e armas; combate ao contrabando e o descaminho, estrangulando os cartéis criminosos. Tudo isso, com uma carga sobre-humana sobre os servidores devido ao baixo efetivo que temos hoje na PRF, apenas 12.000 policiais para atender todo o país, praticamente o mesmo efetivo de há mais de duas décadas, quando a criminalidade e o fluxo de veículos cresceram exponencialmente nas rodovias federais.

 

NÃO, Senhor Presidente da República e demais integrantes do “Desgoverno Federal”, NÃO aceitaremos passivamente pagar essa conta. Buscaremos apoio dos parlamentares sérios e da população brasileira. NÃO descansaremos até que a verdade e justiça sejam estabelecidas.

 

Diretoria do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais – SINPRF-GO

Aposentadoria Especial

Audiência Pública

ENDEREÇO E TELEFONES

Rua 32, nº 663, QD. A-20, Lote 20
CEP: 74.805-350 Jardim Goiás - Goiânia

Geral: (62) 3233.6502 / 6100

 

Secretaria:  (62) 9 9619.2834  -  VIVO
                   (62) 9 8280.5675  -  TIM
Financeiro:  (62) 9 9969.2509  -  VIVO
Gerência:    (62) 9 9653.7641  -  VIVO

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

De segunda a sexta-feira
das 08h às 17h

Não fechamos para almoço.