Agenda do presidente

Em Brasília, FenaPRF participa da Jornada Nacional de Lutas e coloca Campanha Salarial nas ruas
Atividades de 08/04 a 08/04

Em Brasília, FenaPRF participa da Jornada Nacional de Lutas e coloca Campanha Salarial nas ruas

Compartilhe

Policiais rodoviários federais de todo o Brasil participaram da mobilização do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais – FONASEF nas ruas de Brasília, nesta quarta-feira (08/04) e apresentaram faixas com dados de apreensões e fiscalizações feitas pelos integrantes da categoria. O objetivo do material é demostrar a importância e a necessidade de valorização desses profissionais.

As entidades que participaram do ato afirmam que os servidores não aceitam pagar pela crise econômica. Elas defendem uma política salarial permanente, com correção das distorções e reposição das perdas inflacionárias, data base para 1º de Maio, paridade salarial entre ativos e aposentados e a retirada dos projetos no Congresso Nacional que atacam os direitos dos servidores públicos federais. Em frente do prédio do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão exigiram a abertura da mesa de negociação.

O presidente da FenaPRF – Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais, Pedro Cavalcanti, afirmou que a luta unificada é muito importante, mas lembrou que a campanha dos PRFs vai precisar do engajamento de todos. “Foi muito importante a presença de tantos colegas aqui hoje. Demos início nas nossas manifestações. O processo de mobilização é crescente e contínuo. A presença dos senhores anima a todos para as próximas mobilizações”, afirmou Cavalcanti.

Além da pauta comum às demais categorias que integram o FONASEF, a FenaPRF defende como pauta específica para os PRFs: a reestruturação da carreira e mais condições e segurança no trabalho, abrangendo: fim da contribuição dos inativos; adicional noturno; regulamentação da indenização de fronteira; reajuste dos auxílios creche e alimentação – mesmo valor pago aos servidores dos Poderes Judiciário e Legislativo; retorno dos adicionais de periculosidade e insalubridade; infra-estrutura das unidades da Polícia Rodoviária Federal conforme Normas Regulamentadoras; melhoria e aquisição de equipamentos de proteção individual e mobiliário conforme Normas Regulamentadoras; regulamentação da escala de serviço; não fechamento de Postos de Fiscalização; aumento de efetivo; e, licença classista.

Com faixas e camisetas dizendo “Valorizar o Policial Rodoviário Federal é preciso“, a categoria deixou o seu recado na Esplanada dos Ministérios, área central da capital do país.

A PRF Jamilla de Castro tem a perspectiva de que a união dos policiais rodoviários federais sensibilize a sociedade. “Eu espero compromisso da categoria. Todos os colegas da escala ou do administrativo precisam participar. Precisamos mostrar volume e chamar a atenção da sociedade para a importância da nossa categoria”, afirmou.

O PRF Fernando Wanderley acredita na força da integração das entidades sindicais para o sucesso da campanha. “Essa integração entre as forças sindicais é bastante importante para o governo ver que a união faz a força. A valorização do profissional hoje é a melhor forma de se negociar”, comentou o PRF alagoano.

Fonte: Agência FenaPRF